Ir para o conteúdo principal

09

Out.

2013

14:36

imprimir

A- A+

Promoção de militares que atuaram na época do Césio 137 vira lei

ALEGO

O projeto relatado pelo deputado estadual Marcos Martins (PSDB) que trata da promoção por ato de bravura dos policiais e bombeiros militares inativos que atuaram na época do Césio 137, que foi aprovado por unanimidade na Assembleia Legislativa em setembro, virou  lei . O decreto, assinado em 1º de outubro pelo governador Marconi Perillo, tem efeito retroativo, ou seja, remete a promoção para o dia 31 de julho de 2013.  

A lei publicada no Diário Oficial de Goiás, em 8 de outubro, define que tanto oficiais, como praças, inativos têm direito ao reconhecimento por mérito, pois trabalharam durante o acidente radiológico com o isótopo Césio 137, o maior deste tipo da história da humanidade, que ocorreu em Goiânia, em setembro de 1987.

O deputado tucano argumentou que o Estado de Goiás, recentemente, já havia reparado um erro histórico, promovendo por ato de bravura todos os policiais militares e bombeiros em atividade que atuaram durante aquele período de crise.  Contudo, segundo  o parlamentar,  o mesmo reconhecimento não havia sido dado aos militares que não estão mais na ativa, alguns inclusive se aposentaram por causa de enfermidades provocadas pela radioatividade, ponderou. “Este é um momento importante para honrar todo o esforço e dedicação dos colegas bombeiros e policiais militares que arriscaram suas vidas para uma causa importantíssima, ou seja, é um resgate histórico”, concluiu Marcos Martins. 

Fonte: Assessoria de Imprensa

Gabinete: Marcos Martins

Carregando...